"Amai-vos cordialmente uns aos outros com amor fraternal, preferindo-vos em honra uns aos outros." Romanos 12:10

Páginas

terça-feira, 17 de maio de 2011

que saia pelo outro..


Quem nunca ouviu algo que o magoou? Algo que não merecia ouvir, ou que não faria questão de lembrar. Pior ainda, é quando as palavras que nos atingem têm como remetente alguém querido.   

Não importa de quem vem, de que forma vem ou até mesmo o que vem. O que importa mesmo é para onde vai. 

O óbvio é que as palavras que nos são lançadas entram por nossos ouvidos.
As indiferentes saem, por isso, em alguns minutos logo as esquecemos, mas não é o caso das quais eu me refiro neste post. Essas - as que fazem mal - insistem em passear pela nossa mente; quando deitamos, elas pernoitam; se levantamos, pensamos nelas e tão cedo não vão embora. Infelizmente, há casos piores em que as tais nunca se foram.  
Se essas palavras não nos fazem bem, machucam e entristecem, por que mantê-las ali? Nos nossos pensamentos, mente, coração? 
As deixemos partir, mandemos que saiam.
Não é questão de simplesmente apagá-las, mas sim de não deixá-las retornar à nossa memória. 

- Mas, Sarah, eu não consigo esquecê-las! 

Consegue sim, abaixo de Deus, você tem poder sobre si próprio. E, se depender de Deus, também conseguirá, é a vontade dEle que pensemos em tudo o que vale a pena lembrar, traremos á memória o que nos dá esperança.  (Lm 3:21)

"Quanto ao mais, irmãos, tudo que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai." Filipenses 4:8.
.
O que passa das pré indicações descritas na Palavra de Deus... 
deve entrar por um ouvido e sair pelo outro!

3 comentários:

  1. amem gostei muito de ver seu blog

    ResponderExcluir
  2. É verdade Sarinha...

    Como está escrito no título do seu blog: "Aquele que tem Meus mandamentos e os guarda, este é o que Me ama" Precisamos amar a Deus independentes das circustâncias, porque muitas das vezes queremos fazer, ouvir e falar somente aquilo que queremos. Por isso que amar a Deus vai além do que podemos imaginar, pois temos que ser obedientes em todos os momentos sem desprezar nenhum ensinamento sequer.

    Ahhh... adicionei seu blog na barra lateral do meu, porque gosto muito de vim visitar você aqui. Suas palavras são muito edificantes.

    Um abração!!!
    Jaque
    (http://jaquebalbys.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  3. Realmente, apesar que é muito difícil colocar a teoria na prática, devemos nos esforçar, afinal não é saudável guardar mágoas.

    ResponderExcluir